As histórias por trás da fada do dente

As histórias por trás da fada do dente

Não é de hoje que as crianças escutam de seus pais sobre a vinda da fada do dente, personagem que supostamente visita o quarto delas para buscar o dente de leite que cai e deixa em seu lugar alguma lembrancinha. Essa lenda existe há séculos e em vários países. Os personagens mudam, mas a ideia central é sempre oferecer o dente solto em troca de algo.

Na França, um ratinho faz as vezes de fada desde o século 17. Ele troca o pequeno dente por doces ou moedas. Contudo, no passado, em alguns lugares, as mães simplesmente colocavam o dente embaixo da almofada e faziam um pedido para que o permanente nascesse saudável. Também séculos atrás, o dente de leite já funcionou como amuleto. As pessoas pagavam por ele, e a mãe da criança ‘banguela’ dizia que o ratinho havia passado à noite em casa e levado o dente.

Em outros países é possível encontrar diferentes animais, como gatos e esquilos, que fazem o papel de intermediário entre a criança e uma entidade qualquer que deseja os dentes de leite. A imagem de fada predomina na América e é recente – ganhou força na segunda metade do século 20, no mesmo período em que os Estúdios Disney produziam desenhos como Pinóquio e Cinderela. Esses filmes animados tinham uma fada boa como personagem, capaz de realizar pedidos.

Se você tem curiosidade de saber mais detalhes sobre a fada do dente, acesse esta reportagem: http://www.salon.com/2014/02/09/dont_tell_the_kids_the_real_history_of_the_tooth_fairy/

Deixe seu comentário